A minha dieta A minha dieta - Receitas Destaque

A minha Dieta – Semana 17 – Grão a grão… e boas alternativas de hidratos!

IMG_3321

Numa fase em que já pouco peso há para perder devemos ser mais conscientes das metas que queremos.

65 quilos é o meu peso ideal mas, para não precisar de continuar em dieta eternamente, decidi (tentar) ir até aos 63 quilos, e assim ficar com uma margem de oscilação de 2 quilos e poder geri-la confortavelmente.

Claro está que eu já sabia que não ia ser fácil, e muito mais demorado do que anteriormente. Mas, com um bocadinho de paciência e força de vontade, tudo se faz!

E é tão bom e importante para a auto-estima! Lembra-se quando tem de sair de manhã mais arranjada, penteada e maquilhada, porque vai ter uma reunião importante ou um assunto para tratar? Pois… nos primeiros minutos da manhã refilamos porque só nos apetecia enfiar qualquer coisa, atar o cabelo e seguir… Mas depois, saindo à rua, é ótima a sensação de nos sentirmos bonitas, bem vestidas e vistosas. O resto do dia corre melhor, temos maior confiança e andamos mais bem dispostas. É ou não é assim?

 

Metas conscientes

Ter metas conscientes é MUITO importante!

Não vale a pena olhar para o lado, ou para a TV, e tentar ser como A ou B. Cada corpo é um corpo, reage de maneira diferente e não há milagres: se tenho uma anca larga nunca vou ser estreita; se tenho uma configuração larga de corpo, nunca vou ter uma cintura de vespa.

Mas isso não significa que – dentro das limitações do corpo que nos foi dado – não possamos fazer o melhor que conseguimos e sentirmo-nos bem com isso!

E eu, grão a grão, estou a conseguir perder estes últimos 2 quilos 🙂

IMG_3455

Para isso tenho recorrido a algumas alternativas de hidratos de carbono, que me saciem e simultâneamente me ajudem a perder peso.

Ora o meu filho – que é um estudioso de nutrição, por incrível que pareça – pediu-me para lhe trazer flocos de aveia, um dia destes.

Ele come aquilo como se fossem cereais, com leite ou iogurte, e insistiu para que eu começasse a comer também. “É muito mais saudável do que o pão ou os cereais açucarados que comes (mesmo que digam que são integrais)”.

Ora eu olhei para aquilo mas… nada apetecível! São flocos miudinhos e não sabem a nada. Bah!

Até que me lembrei de procurar receitas com flocos de aveia e encontrei uma receita de tarte que é uma delicia!

Já experimentei e adorei! Serve para comer como refeição – ou ao lanche – e ainda permite usar as sobras de qualquer coisa. Qualquer coisa mesmo!

Por isso, esta semana vou partilhar esta descoberta convosco! E ainda tem a vantagem de – para além de ser pouco calórica – ser deliciosa e ajudar ao transito intestinal. Experimentem!

 

IMG_3313

 

 

Tarte de Cenoura e Aveia… com todos!

Ingredientes:

Para a massa:

  • 300 gramas de flocos de aveia
  • 1 ovo
  • 70 gramas de manteiga sem sal

Para o recheio:

  • 5 cenouras raladas
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 1 chavena queijo mozzarela (light ou sem gordura) ralado
  • salsa picada (opcional)
  • 1 chávena de leite magro
  • 2 ovos
  • noz moscada/ sal/ pimenta

Misture muito bem todos os ingredientes da massa até formar uma bola compacta.

 

IMG_3309

 

Unte uma forma de fundo amovível com azeite (pouco) e forre-o com a massa. Pré-assar esta massa no forno a 220º durante 7/8 minutos (depois do forno já estar quente).

 

IMG_3310

 

Numa frigideira misture o azeite, o alho, a cenoura e a salsa. Refogue.

Deixar arrefecer e misturar o queijo. Despejar este preparado sobre a massa.

Numa tigela misture o leite com os ovos, noz moscada, pimenta e sal. Colocar sobre o recheio e vai a assar 30 minutos.

Deixe esfriar, desenforme e sirva com salada.

 

IMG_3312

 

Nota: 

Pode acrescentar o que quiser ao refogado. Eu experimentei juntar uns cubos de bacon para dar mais sabor mas pode ser frango, atum, cogumelos, salsichas de aves, vegetais variados ou qualquer outra sobra.

Bom apetite!

IMG_3314

You Might Also Like

3 Comments

  • Reply
    Isabel Gomes
    3 Março, 2016 at 15:29

    Experimentei e ficou deliciosa. Obrigada pela partilha. Embora viva em Londres vai para dez anos, só agora é que comecei a descobrir as maravilhas da aveia, como eles dizem com tanto orgulho oat porridge , confesso que era muito relutante para surpresa deles. Por isso entendo perfeitamente a Marta e esta receita ficou simplesmente maravilhosa.

    • Reply
      Marta Cardoso
      3 Março, 2016 at 17:06

      Olá Isabel
      Ainda bem que gostou! Eu também adorei!
      Um beijinho enorme para Londres 🙂

  • Reply
    Carla
    8 Março, 2016 at 15:34

    Marta
    Parabéns pelos 65 kg estás muito bonita, a meu ver – 2 kg é uma margem boa. Concordo contigo 100%, ficamos mais seguras quando nos sentimos bem com nós próprias. Faço minhas as tuas palavras sair à rua bonitas , vistosas e vermos que o nosso objectivo foi concretizado é gratificante. Sempre gostei de ver mulher/homem bem cuidados é algo que nos cativa da forma mais positiva. A tua tarte parece deliciosa vou fazer.

    Carla

  • Leave a Reply