A Quinta

Quintino analisa a Quinta: “O Larama é o elemento mais divertido da Quinta”

IMG_2260

O diferente que depois agrada

Mesmo com algumas opiniões diferentes, continuo a achar o Larama o elemento mais divertido d’ A Quinta.

larama

 

Mesmo já não concorrente – agora como convidado – o Larama continua a divertir-nos com o seu jeito bem africano: direto, seguro e com a alma cheia de calor.

Acredito que algumas opiniões menos favoráveis em relação ao concorrente vindo de Angola, no início do programa, não foram mais do que o confronto com alguém diferente no dia-a-dia dos portugueses.

A Angola que está no coração de alguns portugueses é certamente uma Angola de angolanos bem diferentes do Larama.

 

larama2

 

E a maioria dos portugueses não haviam tido ainda a oportunidade de conhecer estas novas gerações de gente africana livre e mais segura de si, porque independente, capaz de expressar a sua alma, o seu querer, o seu gosto e a sua diferença.

Gente que carrega no coração a energia do calor do seu continente e a garra da terra vermelha do seu país. Um povo com esperança, e que sabe que agora é igual a cada um outro, e por isso mesmo não tem medo.

Estes são os angolanos que tenho conhecido nas minhas muitas viagens a Luanda nos últimos anos, e que me têm deixado apaixonado por aquele povo.

Com coisas boas e coisas más, como nós. Com a mesma língua, mas bem diferentes. Um povo que porque diferente, e como tudo o que é diferente, começa por nos assustar e rejeitamos; mas à medida que conhecemos e nos entregamos sem preconceito nos fascina.

Das muitas coisas boas desta Quinta, a oportunidade de o Larama nos apresentar os angolanos, seguida de uma vontade de os conhecer, fica sem dúvida no topo da lista.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply