As minhas viagens

Marta na Turquia: Uma surpresa no WC

Dia 1

Entusiasmo!
Vou apanhar o avião de Madrid para a Turquia. Vão ser duas semanas a viajar pelo país com os amigos, numa carrinha de 9 lugares e percorrendo cerca de 3 mil quilômetros.

Estava tudo pronto, tínhamos os documentos todos – incluindo o visto necessário para entrar na Turquia – mas… esqueci-me da carta de condução em Portugal!

Aí que nervos! Eu, que estava tão entusiasmada por ir ser uma das condutoras e matar saudades dos velhos tempos em que distribuia jornais por Lisboa na carrinha do meu pai, madrugada adentro …

Já no aeroporto foi a confusão: taxi a andar a 10 à hora, check in caótico, e acabaram por ser embarcados nas malas um passaporte e um computador que deviam ter vindo connosco na cabine!

Conclusão: não houve filmes para ninguém durante o voo de 4 horas (embora eu tenha passado a viagem  inteira a dormir) e o dono do passaporte teve que ir tirar o visto de novo à pressa – e pagar 20 dólares outra vez.

Mas pronto! Já estávamos em Istambul e precisávamos de dinheiro. Fomos ao multibanco levantar 600 liras turcas (200 euros, mais coisa, menos coisa) e seguimos para levantar a carrinha.

Não demoramos a arrancar rumo a Ankara (capital da Turquia) pois tínhamos 450 quilômetros pela frente.
Não pude ir a conduzir – com grande pena minha – mas pelo menos fui a pendura e fiquei responsável pela música.

Ora aqui é que foi! Trocava de estação de rádio mas sentia sempre que estava a ouvir o festival da canção!

A melhor rádio de Istambul

 

Até encontrar uma radio mais ou menos parecida com as nossas, a “Number 1”. Se forem à Turquia é a melhor rádio.
Curiosamente, embora estivéssemos em pleno Agosto, estavam 23 graus quando saímos de Istambul e choveu desalmadamente todo o caminho….

450 quilômetros de autoestrada semelhante ao nosso, com 3 faixas mas com uma particularidade: a faixa mais lenta é a do meio. Pode ultrapassar-se à esquerda ou à direita, conforme a vontade do condutor.

Ainda paramos a meio para ir ao wc e … Surpresa!  (video)


Chegamos a Ankara perto das onze e ficamos instalados no “Deeps Hostel”. Tudo ao molho e fé em Deus, seis pessoas no mesmo quarto a partilhar sons noturnos mas que – comparado com o que vivi na Namibia, em “Perdidos na Tribo” – era o paraíso!

Quarto para seis na primeira noite em terras turcas

Deeps Hostel – Ankara Quarto para seis na primeira noite em terras turcas

Lindamente instalados saímos para beber uma cerveja e espreitar a cidade. Mas cervejas, nem vê-las!

A venda e consumo de álcool na Turquia são complicadas…

Acabamos numa churrascada de rua que vendia umas sandes compridas com carne grelhada e pasta de legumes. Divinais!

Bebidas em banheiras

Bebidas em banheiras

As bebidas estavam em banheiras de bebê e conservadas com cubos de gelo gigantes. E cervejas, nem vê-las!


Lá voltamos para o Hostel meio desolados mas precisávamos descansar. No dia seguinte seguíamos para a Capadócia e tínhamos muitos quilômetros pela frente.

You Might Also Like

1 Comment

  • Reply
    Maria
    1 Setembro, 2015 at 0:11

    Esses wc nao existem so na turquia. Aqui bem ao nosso lado, em espanha, na zona norte, proximo de frança as estaçoes de serviço estao quase todas “equipadas” com isto…… E em França tambem

  • Leave a Reply